Em Jataí:

Procon autua Celg e multa pode chegar a três milhões

O Procon de Jataí instaurou nesta segunda-feira (06), por determinação do prefeito Vinícius Luz, processo administrativo de investigação preliminar contra a Celg, com a finalidade de apurar denúncias de má prestação de serviço por parte da empresa, após análise das reclamações registradas no órgão e ainda, de queixas da população sobre quedas constantes no fornecimento de energia feitas através das redes sociais. Além disso o Procon ainda se baseou em constatações feitas pelos fiscais daquele órgão.
Sendo assim, a empresa foi autuada com base nos artigos 20, §2º e 22 da Lei Federal 8.078/90 estando sujeita as penalidades previstas nos artigos 56 e 57 da mesma Lei Federal, cuja multa pode chegar a 3 milhões de reais.
(Fonte: Plantão JTI)