Em Rio Verde:

Três pessoas morrem e duas ficam feridas em acidente.

Um homem e duas mulheres morreram após o carro em que estavam sair da pista e capotar na BR-060 em Rio Verde, no sudoeste de Goiás. Havia ainda outro homem e outra mulher no veículo, mas que sobreviveram e estão internados no Hospital do Câncer da cidade.

O G1 entrou em contato, por mensagem, às 10h30, com uma funcionária do local para pedir o estado de saúde atualizado dos pacientes e aguarda retorno. As ligações feitas à unidade de saúde entre esse horário e 11h não foram atendidas.

O acidente aconteceu na noite de terça-feira (13). A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que o motorista dirigia em direção à cidade de Rio Verde quando perdeu o controle do carro, que capotou.

A corporação registrou que uma passageira foi arremessada para fora do veículo e morreu na hora, a segunda também morreu no local, mas não foi atirada do carro, e o motorista chegou a ser levado para um hospital, mas também acabou morrendo.

"A vítima que foi jogada não estava com cinto de segurança. Em relação aos outros dois que morreram, ainda não sabemos, mas temos certeza de que os dois sobreviventes usavam o cinto”, explicou o inspetor Fernando Prado.
Ainda de acordo com ele, pela dinâmica do acidente, há possibilidade de que o motorista estivesse dirigindo em alta velocidade. A PRF também encontrou um engradado de cerveja no porta-malas do veículo. No entanto, não foi possível testar se o condutor estava sob efeito de bebida alcoólica ou não.
Segundo o inspetor, não foi possível identificar as vítimas ou se elas tinham algum parentesco entre si.

O Corpo de Bombeiros, que socorreu os feridos no local, disse que eles foram encaminhados à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Rio Verde na noite do capotamento.

Segundo a UPA, os dois sobreviventes foram encaminhados, na madrugada desta quarta-feira (14), para o Hospital do Câncer da cidade, onde seguem se recuperando.

Prado explicou que exames que serão feitos no corpo do motorista poderão indicar se ele havia ingerido bebida alcoólica ou não e que as perícias feitas no local podem dar mais informações sobre as causas do acidente. Ainda não há previsão de quando esses laudos devem ficar prontos.

(Fonte: G1)