Em Rio Verde:

Polícia indicia homem pela morte de cunhado e sobrinho.

A Polícia Civil indiciou um homem de 36 anos pela morte do cunhado e do sobrinho a facadas em Rio Verde, no sudoeste de Goiás. O crime foi gravado por um vizinho da família. As investigações mostraram que os assassinatos aconteceram devido a uma briga pelo dinheiro de um imóvel.

Robson Rosa Rezende foi indiciado por dois homicídios qualificados. Ficou apurado que o Robson praticou contra as vítimas um homicídio duplamente qualificado, tanto por motivo fútil quanto pelo meio empregado, que dificultou a defesa das vítimas, visto que primeiro ele atropela uma das vítimas e depois vai concluir o homicídio com um golpe de faca na primeira vítima e três golpes de faca na segunda”, disse o delegado Adelson Candeo Júnior.

O processo foi encaminhado à Justiça na segunda-feira (20). O G1 não conseguiu identificar a defesa de Robson Rosa até a última atualização dessa reportagem.

Segundo a polícia, Robson foi até a casa da família no último dia 11 e furou os quatro pneus do carro da família. O vídeo mostra quando Jacob Paes Oliveira, de 65 anos, e o filho, Jacob Paes Oliveira Júnior, 25, tentam retirar Robson de dentro do carro dele antes que ele fugisse. O motorista deu ré e atingiu o pai. Em seguida, esfaqueou o filho.

O indiciado fugiu do local, mas foi preso na BR-060, na saída para Anápolis. “Foi detectada a presença de sangue na faca encontrada no interior do carro do autor, tinha sangue das vítimas no sapato do autor”, disse o delegado.

Durante o interrogatório, Robson permaneceu em silêncio. Ele segue preso no presídio da cidade.

“Havia um imóvel da família que estava em fase de inventário. Esse indivíduo [Robson] não tinha uma ocupação fixa e queria a parte dele do dinheiro desse imóvel. Os familiares se juntaram, fizeram um financiamento, passaram um dinheiro para ele e ele gastou. Agora, sempre com o emprego de violência, de ameaça, ele vinha extorquindo as vítimas e acabou nessa tragédia”, disse o delegado.

(Fonte: G1)