Notícias:

Sobe o número de casos confirmados de coronavírus.

O município de Rio Verde, no sudoeste de Goiás, atingiu 2.065 casos confirmados de coronavírus, segundo a Secretaria de Saúde informou na noite desta terça-feira (10). O grande crescimento no número de casos é devido à testagem em massa promovida por grandes empresas da cidade. Cinco pessoas morreram devido à Covid-19 na cidade.

Em 24 horas, houve um aumento de mais de 1 mil casos. Juntas as sete empresas estão testando 15 mil funcionários. “Ainda falta repassar muitos testes para nós e, com certeza, esse número vai estar bem maior amanhã”, disse o secretário de Saúde, Eduardo Ribeiro.

Na segunda-feira, o salto no número de casos já chamou a atenção das autoridades e da população. Os casos saltaram de 385 para 1.415. A cidade tem 37 UTIs na rede pública. Destas, seis estão ocupadas.

“Você se expondo fora da sua casa, participando de festa, não se cuidando, você contamina um ente querido seu, uma pessoa próxima, e ela vem a óbito. Nós não podemos conviver com uma realidade dessa. Vamos ficar isolados em casa, porque vai passar”, completou o secretário.

Diante da confirmação de casos entre os funcionários, a unidade da BRF da cidade suspendeu as atividades para desinfecção. A empresa alimentícia emprega 8,5 mil pessoas e já colheu amostra de todos.

Segundo a secretário de Saúde, devido à grande quantidade de caso e como todos os casos ainda não foram fechados, os números da cidade não foram repassados para a Secretaria Estadual de Saúde.

Comércio fechado
Um decreto que começou a valer na segunda-feira (8) determinou o fechamento de grande parte do comércio em Rio Verde. O objetivo é aumentar o isolamento social e diminuir a contaminação pelo coronavírus. A medida vale por 15 dias. Além disso, é obrigatório o uso de máscaras para quem sair de casa. A multa para quem descumprirem medidas de isolamento é de R$ 5 mil.

(Fonte: G1)