Em Rio Verde:

Ministério da Agricultura interdita BRF por problemas no sistema de abastecimento de água.

A empresa de alimentos BRF foi interditada pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento por irregularidades no sistema de água, em Rio Verde, no sudoeste de Goiás. Os funcionários foram dispensados. Já a produção foi deslocada para outras unidades da região.

Em nota, a BRF disse que a interdição aconteceu por "apontamentos constatados no sistema de abastecimento de água", mas não detalhou quais foram os problemas encontrados pelo Serviço de Inspeção Federal do ministério. O órgão federal se limitou a confirmar a autuação e disse que não vai informar detalhes por se tratar de um procedimento administrativo.

A companhia disse ainda que está tomando todas as medidas cabíveis para o retorno, com segurança, das atividades. Por fim, disse que está aprimorando os processos e controles internos para garantir os padrões de qualidade e segurança.

Veja a íntegra da nota da BRF:

A BRF confirma que sua unidade produtiva de Rio Verde (GO) encontra-se paralisada, temporariamente, em cumprimento à determinação do Serviço de Inspeção Federal local, decorrente de apontamentos constatados no sistema de abastecimento de água. A Companhia está tomando todas as medidas cabíveis para retorno, com segurança, às suas atividades normais com a maior brevidade possível.

Os funcionários foram dispensados e retornarão ao trabalho tão logo a produção seja retomada. Enquanto isso, a produção local foi redirecionada para outras unidades da BRF na região. As movimentações de estoques de produto acabado continuam sendo executadas normalmente.

A BRF norteia as suas atividades pelos princípios da integridade, transparência e respeito à legislação e reforça que possui rigorosos processos de segurança de alimentos e controles de qualidade, além de reafirmar o seu compromisso em continuar aprimorando os seus processos e controles internos para garantir os mais elevados padrões de qualidade e segurança.

(Fonte: G1)