Em Jataí:

Professores gravam vídeos para levar informações sobre o coronavírus para surdos.

Um casal de professores de Jataí, no sudoeste do estado, desenvolveu um projeto para transmitir aos alunos surdos informações sobre a pandemia de coronavírus. O professor Thábio de Almeida e a esposa, Kamilla Fonseca Lemes, resumem as principais notícias sobre como conter o avanço da Covid-19, traduzem para a linguagem de sinais e gravam os vídeos na cozinha de casa.

“Nós pensamos em um projeto pra levar essas informações de forma clara aos surdos da comunidade de Jataí. Nós temos um grupo de Whatsapp com 59 integrantes, no qual a gente joga esses vídeos e leva a discussão acerca desse assunto”, explica Thábio.

Professores da Universidade Federal de Jataí (UFG) e do Instituto Federal de Goiás (IFG), eles já fizeram mais de 30 vídeos. O conteúdo também é disponibilizado em um canal no Youtube, para que mais deficientes auditivos, além dos alunos, possam ter acesso ao material.

Para as estudantes Jéssica Borges e Jeane Aparecida, a iniciativa dos professores é fundamental para que consigam compreender a atual situação da pandemia. “Nós surdos não temos o domínio da língua portuguesa para ter a leitura necessária”, comenta Jéssica.

“Por esse motivo, este projeto é importante ao fazer a tradução das informações em libras, auxiliando a comunidade surda a entender de uma forma clara o coronavírus”, completa Jeane.

Para a estudante, a medida leva informações atualizadas para a comunidade.

“O projeto faz com que o surdo não tenha informações atrasadas, acompanha na medida em que as notícias vão sendo divulgadas. Assim, nós conseguimos ter uma informação completa”, diz Jeane.

(Fonte: G1)