Está Confirmado:

Construção da Plataforma Multimodal em Rio Verde começa em fevereiro.

Anúncio foi feito pela ANTT à comitiva de Rio Verde que acompanhou governador em Brasília, nesta terça-feira, 21.
Na reunião, o diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Jorge Bastos, anunciou que o edital para a construção da obra será publicado em dezembro no Diário Oficial da União, e a licitação realizada em fevereiro do ano que vem.

A luta:
Desde o início da construção da Ferrovia Norte-Sul, Rio Verde sempre olhou e fez várias investidas junto aos órgãos competentes para inclusão da cidade no contexto da ferrovia. Não sabendo ao certo se realmente a plataforma seria instalada aqui, a diretoria da ACIRV provocou uma discussão mais aprofundada com as entidades representativas locais com o objetivo de incluir Rio Verde no contexto do desenvolvimento da ferrovia.

Diante disso, no dia 10 de outubro de 2017, Jacqueline de Freitas Zaidem procurou o deputado estadual Lissauer Vieira e pediu ajuda nesse sentido. "Precisamos da ajuda do Governador Marconi Perillo para resolver essa questão", disse ela. 

Foi então marcada uma reunião com o governador para o dia 17 de outubro. Marconi, sensibilizado com a importância da Plataforma Multimodal para Rio Verde, atendeu o pedido das entidades e garantiu que, a partir daquele momento, essa briga passava ser também uma briga dele, e que iria marcar uma reunião com a diretoria da ANTT (Agencia Nacional de Transporte Terrestre). 

Participantes dessa reunião na ordem da Foto: (Luciano Guimarães, Sindicato Rural de Rio Verde, Edval Portilho (ADIAL), Drª Ana Paula (ACIRV), Evaristo Baraúna (Grupo Cereal), Ivo Marques de Moraes Junior (Presidente da ACIRV), Lissauer Vieira (Deputado Estadual), Marconi Perillo (Governador do Estado), Jacqueline de Freitas Zaiden (ACIRV), Enio Fernandes (CODERV), Flávio Pagotto (Vice-Presidente da ACIRV). 

Desfecho:
Na última terça-feira, 21 de novembro, o presidente da Associação Comercial, Industrial e Serviços de Rio Verde (ACIRV), Ivo Marques de Moraes Júnior, e demais integrantes do grupo da Plataforma Multimodal de Rio Verde foram convocados pelo deputado estadual Lissauer Viera para irem a Brasília participar da reunião na Agência Nacional de Trânsito (ANTT), com o objetivo de garantir a inclusão da plataforma no município. 

 Na reunião, o diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Jorge Bastos, informou que o edital para a privatização da Ferrovia Norte-Sul será publicado em dezembro no Diário Oficial da União, sendo que a licitação será realizada em fevereiro do ano que vem.
Jorge Bastos disse ao governador Marconi e à delegação rio-verdense que esteve no encontro, que o governo federal vai atender o pleito e incluir no edital que será lançado já no mês que vem a Plataforma Multimodal da Ferrovia Norte-Sul, em Rio Verde. 

A licitação da plataforma será realizada em fevereiro. Ela será usada na transposição, para a Norte-Sul, da produção agropecuária e industrial da região, promovendo a integração entre os modais rodoviário e ferroviário.

"A construção da plataforma é uma conquista extraordinária para a economia de Rio Verde e do Sudoeste Goiano, resultado da luta do governador Marconi Perillo em prol da região", disse Jacqueline de Freitas Zaiden, vice-presidente da FACIEG. 
Segundo o vice-presidente da ACIRV, Flávio Pagotto, "essa conquista, que tantos frutos irá gerar para Rio Verde e Região, só foi possível graças a participação ativa de diversas entidades, órgãos públicos e forças políticas que atuam fortemente para o desenvolvimento do município". 

Plataforma Multimodal 
A Plataforma Multimodal é um espaço de movimentações de cargas em geral, onde o empresário pode realizar todas as operações de desembaraço. Todo o processo de exportações e importações podem ser realizadas neste local. Esta facilidade dinamiza o processo, tornando as exportações mais ágeis, facilitadas e menos burocráticas. Onde se tem plataforma multimodais/Porto seco, consegue se atrair investidores e empresas, além de profissionais aduaneiros, mão de obra especializada em comercialização internacional. Com isso, empresas, profissionais e prestadores de serviços de alta qualificação, se consegue um boom econômico. As facilidades obtidas atraem grandes empresas na possibilidade de acesso mais facilitado a mercados internacionais, ou seja, transforma a renda, o emprego e a pujança econômica regional e Estadual. Será uma nova transformação economia na região.

Comitiva 
Durante a reunião, estiveram presentes o deputado federal Heuler Cruvinel e o deputado estadual Lissauer Veira; o presidente da ACIRV, Ivo Marques de Moraes Júnior, Dra Dejane Maffissoni (CODERV), o vice-presidente da ACIRV, Flávio Pagotto, a vice-presidente da FACIEG, Jacqueline Zaidem, o diretor executivo da ADIAL, Edval Portilho e o representante da FAEG, Pedro Arantes. 
(Em tempo deputado estadual Karlos Cabral não esteve presente por motivo de agenda de última hora.)


Fotos