Em Rio Verde:

Caminhoneiro é preso suspeito de matar a ex-mulher.

Um caminhoneiro de 52 anos foi preso na segunda-feira (20) suspeito de matar a ex-mulher dentro do carro do atual namorado dela, em Rio Verde. A principal suspeita é que ele tenha agido por ciúmes da vítima, que estava em um novo relacionamento. Em depoimento, ele confessou o crime.

A comerciante Regina Maria da Silva, de 48 anos, foi morta no dia 9 de dezembro do ano passado. Ela estava no carro do namorado na frente de uma pizzaria. Desde então, o suspeito do crime, Edemilson Florêncio dos Santos, de 52 anos, estava foragido. Porém, na tarde de segunda-feira, ele se apresentou espontaneamente à Polícia Civil.

“Ele confessou que não aceitava o fim do relacionamento, os dois foram casados por 10 anos e, durante esse período, terminaram e voltaram várias vezes. Ele já chegou a ser preso por agredi-la, usou tornozeleira por 11 meses”, disse o delegado Danilo Fabiano.

A defesa do suspeito disse que, ao se apresentar, o homem também apresentou a arma usada no dia do crime e reforçou que o motivo do crime foi o fato do cliente não aceitar o fim do casamento. “Agora estamos aguardando a conclusão do inquérito policial para ver o término da investigação, esperar a manifestação do Ministério Público para fazer a defesa dele em juízo”, disse o advogado Arício Vieira da Silva.

Depois de prestar depoimento por três horas, o homem foi encaminhado ao presídio de Rio Verde, onde vai aguardar as próximas etapas do processo. Ele vai ser indiciado por feminicídio.

(Fonte: G1)