Em Rio Verde:

Mãe e padrasto são suspeitos de agredir criança.

A Polícia Civil investiga se mãe e padrasto agrediram criança de 2 anos, em Rio Verde, no sudoeste de Goiás. A corporação foi acionada pelo Conselho Tutelar, que recebeu a denúncia da creche que a vítima frequenta de que o menininho estava cheio de hematomas.

“O Conselho Tutelar recebeu denuncia da creche [de que a criança aparecia machucada às segundas-feiras] e que a mãe sempre falava que o menino havia caído da mesa, ou do sofá, ou estava correndo. Nesta segunda (18), o diretor ficou preocupado e nos chamou”, explicou o conselheiro Pelcimar Oliveira.
Ainda de acordo com ele, a criança apresenta hematomas em várias partes do corpo. Diante disso, ela foi levada a um abrigo, longe da mãe e do padrasto. A denúncia foi feita à Polícia Civil que pediu que a vítima passasse por exames médicos e que apura o caso.

O G1 pediu informações à corporação sobre possíveis resultados do exame, prisão e depoimentos da mãe e do padrasto da criança, à manhã desta quinta-feira (21), e aguarda retorno.

“A criança chegou com a orelha toda azul, machucada. De um lado da cabeça da criança estava mole, tipo um aprofundamento de uns 7 centímetros. Os braços, pernas todos azulados”, completou o conselheiro.

(Fonte: G1)