SENSACIONAL: BRF INVESTIRÁ R$ 89 MILHÕES EM RIO VERDE E REGIÃO

São R$ 68 milhões em novos projetos para ampliação das fábricas de Mineiros, Rio Verde e Buriti Alegre e outros R$ 21 milhões na modernização e melhorias das unidades

A BRF, uma das maiores empresas globais de alimentos e importante empregador no estado de Goiás, anunciou hoje investimentos de R$ 89 milhões em suas operações em Goiás. Até 2020, a companhia tem previstos gastos de R$ 68 milhões em novos projetos para ampliação das fábricas de Mineiros, Rio Verde e Buriti Alegre. Além disso, outros R$ 21 milhões serão direcionados à modernização e melhorias em unidades no Estado.


“Já havíamos retomado a produção Chester® Perdigão na nossa planta em Mineiros e agora damos um novo passo. Dois terços do total que investiremos são novos projetos de expansão, dobrando a capacidade de abate de frangos. Isso mostra que a parceria da BRF com o estado de Goiás avança e se amplia de forma consistente”, afirmou o diretor presidente da BRF, Lorival Luz.

O anúncio foi feito em reunião realizada hoje com o governador Ronaldo Caiado (DEM-GO), o deputado federal José Schreiner, o Secretário de Indústria Comércio e Serviços, Wilder Morais, o secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Carlos Neto, e o subsecretário de Atração de Investimentos e Negócios, Adonídio Neto Vieira.

Com o projeto anunciado hoje, a linha de produção de perus em Mineiros, que havia sido paralisada depois do fechamento do mercado europeu às exportações no ano passado, será adaptada para a produção de frangos que abastecerá o mercado nacional. Os abates na unidade vão aumentar em cerca de 120%, saltando de 58 mil toneladas ano atualmente para 128 mil toneladas ano ao fim do projeto.  A expectativa da BRF é que quando a produção atingir seu pico, os novos postos de trabalho gerados diretamente podem chegar a cerca de 600. A adequação em Rio Verde será na ampliação da capacidade da fábrica de ração da unidade, que passará a produzir 30% além da capacidade atual e em Buriti Alegre os recursos vão permitir que a unidade passe a produzir também para o mercado Halal.

O movimento de retomada da produção em Mineiros já havia sido iniciado em março, quando a companhia transferiu para a cidade toda a produção Chester® Perdigão, que soma 28,5 mil toneladas. Além, disso, entre 2014 e 2018, a BRF investiu mais de R$ 440 milhões nas unidades de Goiás nas linhas de frigoríficos de aves e suínos das fábricas goianas, além de melhorias estruturais.

Além do impacto direto das operações da BRF, também estão previstos investimentos adicionais pelos produtores integrados à companhia. A estimativa é que o valor possa chegar a cerca de R$ 80 milhões nos próximos dois anos, especialmente no caso de Mineiros, onde as granjas atuais terão que ser adaptadas para o alojamento de frangos em vez de perus. Mais de 80 integrados retornarão às operações da BRF na região.

A BRF mantém quatro unidades de produção de aves, suínos e processados, além de dois centros de distribuição no Estado. A companhia possui em torno de 10 mil colaboradores diretos e mais de 500 produtores integrados. No total, as fábricas da BRF em Goiás possuem a capacidade de produção instalação de mais de 800 mil toneladas/ano e além do mercado interno, atendem regiões como África, Américas, Ásia e Oriente Médio.

Bruno Ferla, vice-presidente Institucional, Jurídico e Compliance, Fabio Stumpf, diretor Geral de Agropecuária, Grazielle Parenti, diretora Global de Relações Institucionais e Ana Carregaro, gerente executiva de Relações Institucionais da BRF, também acompanharam a agenda.

Com informações da BRF