GOIÁS TAMBÉM SOFRE:

A escassez de emprego faz candidatos dormirem na fila

O desemprego tem assolado a população brasileira, esse número tem crescimento de maneira assustadora. A cada nova vaga que surge, existem dezenas, e por vezes centenas, de pessoas que aguardam por uma oportunidade.

Goiás é um dos estados mais afetados com a falta de emprego. Antes as pessoas sem estudo eram as mais afetadas, mas agora até os formados, em cursos superiores, enfrentam os mesmos problemas. 

Existem pessoas demais para poucas vagas, isso acarreta transtornos, brigas e as intermináveis filas. No início de maio, em Valparaíso, uma rede de supermercado anunciou 300 oportunidades, mas com data única para entrevista.

Mais de 6.000 pessoas ficaram aglomeradas, somente para realizar a entrega dos currículos e primeira etapa da seleção, mas o processo foi árduo. Muitas delas dormiram na rua, estiradas nas calçadas, para não perderem o lugar. Algumas levaram barracas e alimentos, por já imaginar a demora.

Entre as vagas estavam disponíveis cargos de repositor, padeiro, açougueiro, operador de caixa e operador de máquinas. De 100 em 100 os candidatos entrevam em uma pequena sala para passar pelo recrutamento. Como mérito, as primeiras dez pessoas, que dormiram na fila, foram empregadas, sem nem passarem pelo processo de seleção. A empresa também serviu café da manhã para essas e hidratação.

Segundo o gerente do supermercado, Thiago Nascimento, elas merecem o mérito pela força de vontade. “Trouxeram até colchonete, colchão, cadeira, barraquinha. Assim, vimos que essas pessoas têm força de vontade. Foi o primeiro ponto que a gente avaliou elas”, contou, Thiago Nascimento ao site G1.

Pessoas que preferem apostar em outros países
Enquanto alguns brasileiros aguardam nas filas, outros preferem se arriscar no exterior. Um dos países que mais recebe essas pessoas é Portugal, por seu idioma e condições melhores de educação e saúde. Eles buscam por empregos e uma condição de vida melhor. Por lá, falta mão-de-obra e profissionais especializados. As cidades do interior, são as que possuem mais ofertas de vagas, e também contam com o menor custo de vida para os moradores. 

Para essas pessoas é preciso driblar os gastos e manter os ganhos, por isso elas optam por utilizar recursos tecnológicos para facilitar essa missão. O portal  https://suaspromos.pt/conforama-promocoes por exemplo, reúne centenas de folhetos de supermercados e outras lojas.

Ele facilita a busca por promoções, cupons e ofertas, por região. Além ajudar os lusitanos, ele é essencial para os brasileiros que residem no país. Além dos encartes ainda é possível saber sobre as redes de lojas e seus diferenciais, como os cartões de fidelização.

Já nos Estados Unidos o processo é mais manual, e os cupons são recortados de folhetos, distribuídos dentro dos próprios supermercados. Esses podem ser somados e acumulados. As grandes marcas utilizam essa pratica para fidelizar seus consumidores e aumentar as vendas.
Muitas pessoas vivem da economia proporcionada por esse tipo de desconto, que pode reduzir em até 90% o valor de uma compra. Esse valor faz uma grande diferença nas finanças mensais dos indivíduos que passam por dificuldade financeira.