Em Rio Verde:

Garota de programa é presa suspeita de matar colega a pedradas.

Uma garota de programa de 33 anos foi presa suspeita de matar uma colega a pedradas, no bairro Alvorada, em Rio Verde, no sudoeste de Goiás. Segundo o delegado, Adelson Candeo, o motivo do crime seria ciúmes, pois Jaqueline Anastácio teria se relacionado com um cliente de Elinúcia Martins.

O G1 não conseguiu localizar a defesa da suspeita. O crime aconteceu na madrugada de sábado (30), às 5h. Segundo o delegado, Elinúcia é usuária de drogas e ligou para a polícia contando do crime que havia cometido.

“Por volta das 7h ela ligou para central dizendo que havia matado uma mulher e não sabia o que fazer”, contou o delegado.

A polícia estranhou a fala de Elinúcia, que estaria "fora de si". Às 10h, o corpo de Jaqueline, de 34 anos, foi encontrado nas proximidades de um posto abandonado no bairro Alvorada. Segundo a polícia, a região é conhecida por ser ponto de prostituição.

Segundo Adelson, Elinúcia já havia cometido uma tentativa de homicídio contra um caminhoneiro, por uma dívida de R$ 40 de um programa que o mesmo não havia pago. Na ocasião, ela também ligou para a polícia relatando o caso.

“Elinúcia ligou para a central relatando que havia matado um rapaz a pedradas, mas investigamos e foi constatado que o caminhoneiro não foi morto, mas passou por um posto médico de Rio Verde procurando atendimento”, afirma o delegado.

O delegado disse que Elinúcia Martins vai responder por tentativa de homicídio e homicídio qualificado. A pena é de 12 a 30 anos.

(FONTE: G1)