Um Comerciante foi detido

Carnes impróprias para o consumo e até alvará falsificado foram apreendidos em comércios de Rio Verde

De acordo informações do Plantão Policial Rio Verde, na manhã desta terça- feira (24) um comerciante foi autuado em flagrante por Crime Contra a Relação de Consumo.

Com ele foram apreendidos 250 quilos de carnes impróprias para o consumo, com odor ruim e mal acondicionada. Esse tipo de crime é inafiançável e o comerciante foi conduzido a Casa de Prisão Provisória.

Nove estabelecimentos comerciais foram vistoriados, em cinco deles foi encontrado algum tipo de irregularidade. Os estabelecimentos irregulares foram fechados e só serão reabertos após seus proprietários sanarem as irregularidades.

A delegada Regional Taisa Antonello, disse que foram averiguadas notas fiscais de carnes em alguns comércios, devido à possibilidade de crime de receptação de carnes clandestinas.

Ainda segundo a delegada, essa averiguação é importante devido aos furtos de animais abatidos por ladrões em fazendas da região.
Outro comerciante foi detido porque na empresa dele foi encontrado um alvará do Corpo de Bombeiros falsificado.

O comerciante negou ter feito à falsificação e apontou um escritório de contabilidade, que seria responsável pela documentação da empresa.
Como não houve flagrante da falsificação ninguém foi preso e o contador responsável pelo escritório será indiciado.

Todo esse trabalho foi realizado através de parcerias entre a Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, e do Gabinete de Gestão Integrada Municipal, com a participação das equipes de  Fiscalização de Posturas, Vigilância Sanitária, Sefaz Municipal e Procon. (Fonte: Plantão JTI)