Em Jataí:

Com talento natural, adolescente com autismo descobre na arte forma de se expressar.

O adolescente Thiago Sousa Cardoso, de 16 anos, descobriu na arte uma forma de se expressar e de superar as dificuldades do autismo, em Jataí, na região sudoeste de Goiás. Os desenhos dele trazem perfeição em cada detalhe e até parecem ser de um profissional. Por enquanto, porém, é só hobby.

"Eu gosto muito de filmes e desenhos por isso que desenho personagem de filme e desenho, acho muito legal”, afirmou o jovem à TV Anhanguera.

O amigo ajudou na técnica, mas Thiago nunca fez curso de desenho. "Ninguém ensinou, desde pequenininho ele começou a desenhar”, diz a mãe, Françoise Moraes.

“Falo que ele é um desenhista nato, que ele pega detalhes e recortes. Tem um pequenininho aqui que achei que era um papelzinho que estava amassado, mas não é. É um bichinho desse, só que miniatura, pequenininho”, fala, comparando a um objeto.

Thiago recebeu o diagnóstico de autismo quando tinha 2 anos, e a família descobriu que ele teria dificuldades para se comunicar e socializar com outras pessoas. Os obstáculos são superados no dia a dia.

Abril é o mês de conscientização sobre autismo. A TV Anhanguera apurou que a estimativa é de que haja 2 milhões de casos no Brasil.

“Eu baixo imagem da internet, no celular, para me basear, e eu vou desenhando igualzinho da imagem", conta o rapaz.

Dia a dia

Para melhorar as habilidades, Thiago começou a fazer um curso de design gráfico, que ele concilia com as aulas do ensino médico. O jovem cursa o 2º ano.

"Em questão à língua, o Thiago não tem muitas limitações quanto ao uso, pelo contrário, ele tem uma linguagem bem cuidada. Na escrita, tem um trabalho praticamente igual a dos outros meninos", disse a professora Janicleia dos Santos.

Para garantir o bom desempenho em sala de aula, o rapaz conta com uma professora de apoio. Ela reconhece as habilidades do jovem.

“O Thiago é muito inteligente, ele conhece boa parte do que uma pessoa, aluno da idade dele, sabe, então ele tem às vezes habilidades mais desenvolvidas em outras áreas que os meninos da idade dele ainda não possuem", explica Simone Carvalho Vilela.

Sobre socializar, Thiago se diz tímido. O rapaz mantém, porém, um canal na internet que já tem 166 inscritos, no qual grava jogos de celular e mostra desenhos e filmes.

“Thiago é um menino muito legal, gosto muito de conversar com ele. Na hora do recreio nós dois ficamos junto o tempo inteiro. É bom, eu gosto", diz a amiga Tássia Pamela Ferreira dos Santos.

“Eu gosto muito de conviver com Thiago, porque ele é uma pessoa muito inteligente. Sempre quando vou conversar com ele, eu fico maravilhada pelo jeito que ele conversa”, completou.

Orgulho

A mãe fala orgulhosa do rapaz. "A gente cria ele para o mundo. Eu quis que ele fosse mais independente e ele está respondendo positivamente aos estímulos que a gente está dando.”

“Eu costumo falar que a gente aprende com eles, eles ensinam os detalhes que a gente não vê. Detalhes de ser uma pessoa melhor, de ver vida de outra forma”, completa Françoise. “Acabam ensinando isso para a gente. Para mim é um privilégio."

 

(Fonte: G1)