Goiás 2018

PSB anuncia candidatura própria ao governo do estado e fala em postura “independente”

Após reunião, presidente do partido, senadora Lúcia Vânia, deu “carta branca” a parlamentares na Assembleia

Por meio de nota encaminhada à imprensa na noite desta segunda-feira (6/2), o PSB anunciou que trabalha para lançar candidatura própria na disputa pelo governo de Goiás em 2018 e pode adotar postura “independente” em relação à gestão do atual governador, Marconi Perillo (PSDB).

Em reunião com a bancada na Assembleia Legislativa, a senadora e presidente estadual da sigla, Lúcia Vânia, deu “carta branca” aos deputados Lissauer Vieira, Diego Sorgatto e Marlúcio Pereira, no que diz respeito à relação com o Palácio das Esmeraldas.

Líder do PSB na Alego, Lissauer ponderou, em entrevista ao Jornal Opção, que o objetivo não é acabar com a parceria com o governo, mas, sim, conseguir maior participação junto à base. “Continuaremos juntos se eles nos quiserem como parceiros, pois queremos ter a oportunidade de atender prefeitos e municípios que representamos”, disse.

O deputado de Rio Verde contou, ainda, que o partido acredita que tem bons nomes para apresentar ao governo de Goiás em 2018, como a própria senadora Lúcia Vânia, o ex-prefeito de Senador Canedo, Vanderlan Cardoso, e a ex-secretária da Fazenda de Goiás, Ana Carla Abrão.

“Mas pode ser um nome novo, nada impede. Queremos discutir com nossos filiados. O PSB foi o terceiro partido mais bem votado em 2016, ficando atrás apenas do PSDB e do PMDB”, completou.

Ex-tucana, a senadora Lúcia Vânia é cotada para disputar a reeleição no ano que vem e, ao que tudo indicava, estaria na chapa governista — que deve ser encabeçada pelo vice-governador, José Eliton (PSDB), candidato natural da base aliada ao governo.

“Estaremos a partir de abril realizando encontros regionais, fortalecendo o PSB para o embate eleitoral das próximas eleições. Temos quadros no partido com real possibilidade de disputar a sucessão de Marconi Perillo”, enfatizou a senadora. (Fonte: Opção)